Tailândia fecha ilha paradisíaca aos turistas

Acesso ao parque marinho de Koh Tachai vai estar encerrado indefinidamente. Em causa a preservação do meio ambiente

A costa e os corais de Koh Tachai, uma das ilhas mais populares da Tailândia, têm atraído milhares de visitantes nos últimos anos. Porém, o elevado número de turistas teve uma desvantagem: a destruição do ecossistema natural da ilha. A solução encontrada pelas autoridades foi encerrar parte do acesso da ilha aos turistas, já a partir de 15 de outubro.

"Koh Tachai tem-se tornado um local popular tanto para tailandeses como para turistas estrangeiros", afirmou o diretor-geral do Departamento dos Parques Nacionais, Tunya Netithammakul, ao jornal The Bangkok Post. O resultado foi a sobrelotação do local e a degradação dos recursos naturais da ilha que faz parte do arquipélago de Similan, no mar de Andamão.

"Temos de fechar para permitir a reabilitação do ambiente, tanto na ilha como no mar, sem a perturbação causada pelas atividades turísticas antes que o dano seja irreparável", explicou o responsável ao jornal tailandês. A medida faz parte de um plano de gestão dos recursos marinhos no mar de Andamão, no oceano Índico.

Os parques marinhos nacionais da Tailândia fecham todos os anos entre maio e outubro para preservação do ambiente, mas o de Koh Tachai vai estar encerrado indefinidamente, segundo o jornal. E o diretor deixa o aviso aos turistas, para que não se deixem enganar pelas agências de viagens que continuem a vender viagens e pacotes de férias para a ilha.

Ao Bangkok Post, os especialistas garantem que as praias e Koh Tachai estão preparadas para receber até 70 visitantes, mas o número de turistas é superior a mil, numa costa já preenchida com bancas de venda de comida e barcos para passeios marítimos.

As ilhas tailandesas são dos locais mais procurados para turismo balnear e para a prática de mergulho. Em 2015, Koh Tachai foi eleita a praia mais bonita da Tailândia, pelo site beachmeter.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG