Católicos celebram primeira missa dominical após atentados no Sri Lanka

Templos católicos fortemente guardados por militares e crentes revistados à entrada para a eucaristia

A Igreja Católica no Sri Lanka realizou este domingo as primeiras missas dominicais após os atentados suicidas no domingo de Páscoa, que provocaram pelo menos 257 mortos, entre os quais um turista português.

As estradas de acesso às igrejas foram alvo de patrulha militar e policial e todos os fiéis revistados e identificados à porta, indicou a agência de notícias Associated Press (AP).

Mais de 250 pessoas foram mortas quando bombistas suicidas atacaram três igrejas e três hotéis turísticos no dia 21 de abril, no domingo de Páscoa.

Terroristas ligados ao Estado Islâmico assumiram a responsabilidade pelos ataques, que foram realizados por um grupo local radicalizado.

As missas nas igrejas foram então canceladas e as escolas fechadas, e reabertura das escolas, que já tinha sido prevista, foi adiada depois de relatos alertarem sobre possíveis novos ataques.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG