Secreta dos EUA pediu informações sobre presidenciais francesas de 2012

Wikileaks divulgou documento da CIA, que terá ordenado aos espiões recolha de informação sobre as eleições em França

Um documento de sete páginas divulgado pelo WikiLeaks parece demonstrar que a agência norte-americana dos serviços secretos externos (CIA) ordenou aos seus espiões que recolhessem informações sobre as presidenciais francesas de 2012.

O documento, que o Wikileaks divulgou na quinta-feira à noite, sugere que os espiões da CIA queriam uma visão interna da campanha eleitoral, incluindo pormenores sobre financiamento partidário, rivalidades internas e atitudes futuras para com os Estados Unidos.

Apesar de a publicação de um documento supostamente secreto da CIA ser surpreendente, as ordens parecem representar uma normal recolha de informação, escreve hoje a Associated Press.

Os media franceses estão atualmente concentrados nas eleições presidenciais, com a primeira volta agendada para final de abril, e deram uma atenção reduzida à publicação do WikiLeaks.

A CIA escusou-se a comentar a divulgação do documento. O WikiLeaks não quis responder a perguntas sobre a origem do mesmo, limitando-se a garantir que é autêntico.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG