Saíram para fumar um cigarro e deixaram bebé ir sozinho no TGV

Aconteceu em França: pai e mãe saíram do comboio para fumar e o TGV acabou por partir com criança de sete meses a bordo

Durante uma viagem de Lille para Nantes em comboio de alta velocidade, um casal francês decidiu aproveitar uma das paragens do TGV, em Mans, para sair e fumar um cigarro. Deixaram o filho da mulher dentro da carruagem mas, no período em que se encontravam na plataforma o comboio partiu, com a criança de sete meses sozinha a bordo.

A história é contada esta quarta-feira pela imprensa francesa: a mãe, de 18 anos, e o companheiro, aperceberam-se rapidamente da saída do comboio da estação, tal como os passageiros no TGV notaram que nenhum deles estava na carruagem e, por isso, fizeram soar o alarme.

O TGV não pôde fazer marcha atrás, por razões de logística, mas acabou por parar na estação seguinte a cerca de 100 quilómetros, para que a criança - sempre acompanhada por um funcionário dos serviços ferroviários - aguardasse pela mãe e companheiro dela, que apanharam o comboio seguinte.

Os dois jovens foram ainda ouvidos pela polícia, que decidiu depois entregar o bebé à mãe.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG