Risco de avalanche deixa 13 mil turistas "presos" em cidade suíça

Pelo menos, a eletricidade já foi reposta

Cerca de 13 mil turistas estão presos na cidade suíça de Zermatt, perto do pico do Matterhorn, depois de as autoridades ordenarem o fecho das pistas de esqui, trilhos, teleféricos, estradas e serviço de comboios para a cidade.

Janine Imesch, do gabinete de Turismo de Zermatt, disse que já foi reposta a eletricidade na cidade e que nenhuma pessoa correu riscos porque as autoridades fecharam o acesso às pistas de esqui e aos trilhos no dia anterior.

"Não há qualquer motivo para pânico, está tudo bem", concluiu Imesch.

O site do gabinete de turismo tinha indicado anteriormente que não era possível sair ou entrar na cidade, dando igualmente conta de uma "quebra do fornecimento de eletricidade em toda Zermatt".

Também apelava às pessoas que "ficassem em casa", para não perturbarem o trabalho das equipas envolvidas na remoção da neve.

Exclusivos