Reino Unido. Nova contagem atribui mais dez mil mortes de covid-19

O número de mortes suspeitas e confirmadas por coronavírus no Reino Unido aumentou para quase 50 mil, revelou a análise dos dados oficiais.

Os números do Instituto Nacional de Estatística britânico referem todas as mortes em que o covid-19 foi suspeito ou mencionado nas certidões de óbito até 29 de maio.
O total de 49 989 é superior ao último número diário do governo de 40 597, que inclui apenas as mortes de doentes que tiveram resultados positivos nos testes ao coronavírus.

Os dados mostraram também que as mortes em Inglaterra e no País de Gales excederam a média dos últimos cinco anos em 57 961 no período de 10 semanas desde a eclosão do surto, em março.

Em ambas as medições, o número é o pior da Europa e coloca o Reino Unido atrás apenas dos Estados Unidos nas mortes oficialmente anunciadas, embora cada país tenha métodos de notificação diferentes.

Na semana que terminou em 29 de maio, em Inglaterra e no País de Gales, houve 2 000 menções de "novo coronavírus" nas certidões de óbito, o número mais baixo desde o confinamento do país em 23 de março.

O país anunciou também 55 novas mortes na segunda-feira, valor diário mais baixo desde 22 de março, numa altura em que as restrições são gradualmente levantadas.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG