Reino Unido faz primeiro ataque aéreo na Síria contra Estado Islâmico

Horas depois de o parlamento britânico aprovar operação, quatro bombardeiros participaram na ofensiva

O Reino Unido fez hoje o primeiro ataque aéreo contra o grupo extremista Estado Islâmico na Síria, horas depois uma votação parlamentar que aprovou este tipo de operação, indicou o Ministério da Defesa.

Quatro bombardeiros 'Tornados' da Força Aérea Real britânica regressaram da "primeira operação ofensiva na Síria e conduziram ataques", disse um porta-voz do ministério.

A Câmara dos Comuns aprovou, na quarta-feira, com 397 votos a favor e 223 contra, a participação do Reino Unido nos ataques aéreos contra aquele grupo extremista na Síria.

A proposta apresentada pelo primeiro-ministro, David Cameron, foi aprovada com 397 votos a favor e 223 contra. Uma parte dos deputados da oposição trabalhista, que contavam com liberdade de voto naquela sessão, votou a favor da proposta de Cameron, que prevê ordenar nas próximas horas as primeiras missões na Síria.

O Reino Unido já tinha colaborado com a missão internacional na Síria no âmbito dos serviços de informação e logística. Em 2003, o parlamento vetou uma proposta para atuar contra o regime do Presidente sirio, Bassar al-Assad. No debate de hoje, que durou cerca de dez horas, David Cameron argumentou que o grupo extremista Estado Islâmico é uma ameaça para a "segurança nacional" e que a intervenção é "legal" e "necessária".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG