Refugiado gravemente ferido em incêndio no campo de Calais

O fogo, cujas causas estão por apurar, terá surpreendido a vítima enquanto dormia

Um refugiado etíope ficou gravemente ferido, esta madrugada, na sequência de um incêndio que deflagrou no campo de Calais, que se tornou no maior bairro de lata de França, informaram fontes citadas pela agência AFP.

A vítima, com queimaduras em 70% do corpo, foi transportada de helicóptero para o hospital de Lille e encontra-se entre a vida e a morte, segundo as autoridades de Pas-de-Calais.

O fogo, cujas causas estão por apurar, terá surpreendido a vítima enquanto dormia.

Aproximadamente 3.500 migrantes -- segundo os mais recentes dados oficiais -- e 5.000 de acordo com as associações -- vivem atualmente na "selva" de Calais, no norte de França, na esperança de tentar seguir para o Reino Unido, por 'ferry' ou por comboio através do túnel sob o canal da Mancha.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG