Quer ser espião? MI6 está a recrutar

"Secretamente, somos iguais a você", é o slogan da campanha televisiva dos serviços secretos ingleses para aumentar a diversidade dos seus agentes

Está aberta a época de recrutamento para os serviços secretos ingleses. E o processo está a ser lançado de maneira bem pública: pela primeira vez, o MI6 recorre à televisão para fazer anúncios. No ano passado, já tinham usado o cinema para o mesmo fim.

Trata-se, segundo o canal de televisão RT do maior processo de recrutamento dos últimos anos. Com uma estimativa de mais de 3500 agentes até 2020. O slogan da campanha é "Secretamente, somo iguais a você". Uma mensagem que transmite o objetivo da agência de recrutar agentes que não se pareçam com a imagem estereotipada de James Bond.

Além disso, a agência pretende cativar mais elementos femininos e provenientes de minorias sociais britânicas. Dados citados pela BBC mostram que em março de 2016, apenas 24,1 dos elementos sénior eram mulheres e uma percentagem que subia ligeiramente entre os mais jovens (37,8%).

Entre os britânicos de origem asiática, africana e de minorias étnicas os números são ainda piores. Não há agentes com estas origens entre os seniores e apenas 6,8% dos juniores têm estas origens.

No anúncio que passa esta noite no Reino Unido aparece um tubarão e depois a imagem de uma mãe que segura uma criança ao colo. Om obejtivo é dar a ideia de que os agentes secretos se parecem com um cidadão comum.

Essa já era a imagem dada no anúncio feito no ano passado nos cinemas britânicos.

O número de candidatos aumentou depois do caso do envenamento do ex-espião russo Sergei Skripal, mas ainda assim o MI6 quer encorajar o cidadão comum a entrar nos serviços secretos.

O diretor do MI6, Alex Younger, explica, citado pela BBC, que a agência precida de contratar pessoas diferentes "para responder às ameaças que enfrentamos". "Queremos que pessoas que nunca pensaram alistar-se no MI6 o façam", acrescenta. Ou seja, "pessoas que desafiem o status quo - de uma maneira respeitosa."

O salário para o início da carreira está entre as 35 e as 37 mil libras anuais (entre 40 mil e 42 mil euros).

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG