Presidente do México adia visita a Washington depois de discutir com Trump

Presidente norte-americano "perdeu as estribeiras" durante o telefonema com Peña Nieto por causa do muro

O presidente mexicano voltou a adiar uma visita oficial aos Estados Unidos depois de ter discutido ao telefone com Donald Trump, que insiste que o México pague a construção de um muro entre os dois países.

Segundo avança o jornal Washington Post, a conversa telefónica entre Peña Nieto e Trump ocorreu no passado dia 20 de fevereiro e foi marcada por um tom de conflito por causa do muro, que foi umas principais e mais polémicas promessas eleitorais do presidente americano.

Nas presidenciais de 2016, Donald Trump prometeu erguer um muro entre os dois países para travar a emigração clandestina e garantiu que seria o México a suportar os custos da construção.

O México tem dito repetidamente que não irá pagar o muro. "O México não acredita em muros. Já disse várias vezes, o México não pagará nenhum muro", declarou Peña Nieto num vídeo publicado no Twitter.

Depois de ser tornado público que Trump assinou uma ordem executiva que decreta o início da construção do muro, em janeiro de 2017, o presidente mexicano adiou pela primeira vez uma visita oficial ao vizinho do norte.

Esforços diplomáticos reabriram nos últimos meses a possibilidade de uma visita de Nieto à Casa Branca, mas tudo falhou, novamente, devido ao desentendimento ao telefone com Trump.

Segundo o Washington Post, que cita fontes dos dois países, Trump "perdeu as estribeiras" durante a chamada com Peña Nieto. Fontes da Casa Branca dizem que Trump sente-se "frustrado" ao verificar que Nieto não entende que "não é razoável" esperar que deixe cair a intenção de obrigar o México a pagar o muro.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG