Polo Norte com temperaturas acima da média em novembro e dezembro devido à poluição

Esta subida acentuada de temperatura na região do Ártico está diretamente relacionada com a poluição

As temperaturas no Polo Norte estiveram cinco graus centígrados acima da média em novembro e em dezembro e poderão bater recordes neste fim de semana do Natal, alertou hoje uma cientista britânica citada pela BBC.

Esta subida acentuada de temperatura na região do Ártico está diretamente relacionada com a poluição que é produzida pelos humanos, segundo a investigadora Friederike Otto, do Instituto de Alterações Climáticas de Oxford, no Reino Unido.

Esta "onda de calor" no Pólo Norte, como descreve a BBC, segue-se a um verão durante o qual o mar de gelo na região registou a mais pequena extensão de sempre, calculada por imagens de satélite.

"Se as temperaturas continuarem a aumentar tal como tem acontecido até aqui, prevemos que ocorra uma onda de calor destas todos os anos e isso causará um stress enorme no ecossistema", sublinhou aquela investigadora.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG