Polícia britânico com memória fotográfica já identificou 2000 suspeitos

O talento do agente de Birmingham, já alcunhado o "Homem-Memória", foi oficialmente reconhecido pelas altas patentes da polícia local em 2018.

A fazer lembrar a série de televisão norte-americana Inesquecível, em que a detetive Carrie Wells (Poppy Montgomery) vai resolvendo crimes graças à sua prodigiosa memória, no Reino Unido existe uma versão real praticamente idêntica desta personagem: o agente Andy Pope da Polícia de West Midlands tem um talento notável para reconhecer fisionomias e já identificou mais de 2000 suspeitos.

Andy Pope, que pertence a uma força policial comunitária de apoio à Polícia de West Midlands, diz ser "impossível explicar" este seu talento, noticia este domingo, 27 de dezembro, a BBC. Tudo o que este polícia sabe é que consegue manter uma vívida recordação dos rostos das pessoas durante anos a fio e que até é capaz de identificar traços reconhecíveis de pessoas usando máscara.

"É assim como que um instinto de que aquela é a pessoa certa e, felizmente, esse instinto acaba por se demonstrar estar correto", disse à BBC o agente, a quem os colegas já chamam o "Homem-Memória".

E, acrescenta Andy Pope, referindo-se às máscaras que a pandemia tem obrigado a usar: "Apesar de este ter sido um ano como nenhum outro, tenho continuado como de costume, com a mesma preparação ao dar início a cada turno de trabalho. Tenho-me certificado de que estou completamente atualizado no que toca às imagens das pessoas procuradas pela polícia e isso deu resultados positivos".

Hoje com 43 anos, e integrado na polícia comunitária desde 2012, o agente britânico viu o seu talento oficialmente reconhecido pela comandante da Polícia de West Midlands em 2018, quando superou a fasquia dos mil suspeitos comprovadamente reconhecidos. Agora, Pop diz que vai assestar a mira à meta dos 2.500 suspeitos reconhecidos até 2022.

O seu recorde máximo de identificação de autores de delitos e crimes procurados foi de 17 num só dia e, certa vez, reconheceu mesmo um homem num restaurante quando aguardava num semáforo para poder atravessar uma rua.

Pope trabalha na região de Birmingham, onde patrulha os grandes centros de transportes públicos da zona de West Midlands, passando grande parte do seu tempo em comboios e autocarros

Andy Pope é um dos 20 membros da Associação de Super-Reconhecedores, um organismo profissionalizado que representa aqueles cujas capacidades de memória ultrapassam níveis de excelência e que querem ver esta aptidão reconhecida como ramo da ciência forense.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG