Pelo menos sete pessoas morrem num ataque suicida no leste do Afeganistão

Atacante estava numa motocicleta e detonou os explosivos nas proximidades de uma reunião de centenas de apoiantes do Presidente afegão Ashraf Gani

Pelo menos sete pessoas morreram e outras 13 ficaram feridas hoje num atentado suicida que ocorreu na província de Nangarhar, no leste do Afeganistão, informou uma fonte oficial.

De acordo com o porta-voz provincial, Attaulah Khogyanai, o atacante suicida estava numa motocicleta e detonou os explosivos nas proximidades de uma reunião de centenas de apoiantes do Presidente afegão, Ashraf Gani, por volta das 13:30 horas locais (09:00 horas em Lisboa), no centro da capital província, Jalalabad.

Além do terrorista, seis civis foram mortos no ataque, incluindo uma mulher e uma criança, explicou a fonte à agência de notícias espanhola Efe.

Perto do local da explosão, centenas de simpatizantes do líder do país estavam reunidos para demonstrar o seu apoio ao Governo, embora a concentração não tenha sido afetada pelo ataque.

Nangarhar, na fronteira com o Paquistão, é uma das províncias mais inseguras do país e é considerada o bastião do grupo extremista Estado islâmico (EI) no Afeganistão, além de ter uma forte presença dos talibãs.

Desde o final da missão de combate da NATO, em janeiro de 2015, Cabul perdeu terreno para os rebeldes e controla apenas 57% do país, de acordo com o Inspetor Especial para a Reconstrução do Afeganistão (SIGAR) do Congresso dos Estados Unidos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG