Parlamento Europeu dá luz verde a comissão de inquérito sobre os Papéis do Panamá

Comissão será constituída por 65 eurodeputados e investigará violações das regras comunitárias

O Parlamento Europeu (PE) deu hoje luz verde, em Estrasburgo, à criação de uma comissão de inquérito para o caso de denúncias de fuga aos impostos através paraísos fiscais, conhecido como "Papéis do Panamá".

A comissão de inquérito, que investigará alegadas contravenções ou má administração, nomeadamente pela violação de regras comunitárias, pela Comissão Europeia ou pelos Estados-membros, será composta por 65 eurodeputados mas a lista só será aprovada na mini sessão plenária de 22 e 23 de junho, em Bruxelas.

Em causa estão denúncia feitas por um consórcio de jornalistas - que inclui o semanário Expresso e a TVI - de branqueamento de capitais, a elisão fiscal e a evasão fiscal.

A comissão do PE deverá apresentar um relatório dentro de 12 meses.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG