Oslo vai tirar carros do centro da cidade até 2019

O governo de esquerda da câmara municipal da capital norueguesa quer cortar as emissões de gases de efeito de estufa

Daqui a apenas três anos, a capital norueguesa não vai deixar entrar qualquer carro privado. Pelo menos é aquilo que se propõe fazer o governo de esquerda da câmara municipal de Oslo, para tentar reduzir as emissões de gases de efeito de estufa.

O programa da administração municipal, que é liderada por uma coligação de partidos de esquerda e ambientalistas, prevê banir carros no centro da cidade até 2019. De acordo com um jornal norueguês citado pelo The Guardian, vivem cerca de mil pessoas no centro de Oslo, mas cerca de 90 mil deslocam-se para lá todos os dias para trabalhar.

À data em que o projeto foi apresentado, em outubro, ainda não havia um plano concreto para a sua implementação. Já as preocupações e críticas foram imediatas. Existem onze centros comerciais dentro da zona onde se espera proibir os carros, o que, criticam os comerciantes, pode afetar as vendas.

A proibição dos automóveis faz parte de um projeto para diminuir as emissões de gases de efeito de estufa em 50% até 2020, comparativamente com os níveis de 1990. Vão ser construídas mais ciclovias e as bicicletas elétricas vão ser subsidiadas. Aos jornalistas, a deputada municipal do partido dos Verdes Lan Marie Nguyen Berg disse: "Em 2030 ainda vai haver pessoas a conduzir, mas não poderá haver quaisquer emissões".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG