O cabeleireiro de François Hollande recebe dez mil euros por mês

Salário foi revelado pela imprensa francesa. Paródias no Twitter dos contribuintes indignados não tardaram

Os cabelos de François Hollande, ao contrário dos do norte-americano Donald Trump ou do britânico Boris Johnson, nunca estiveram na ribalta. Mas a situação mudou esta quarta-feira, porque o semanário satírico Le Canard Enchaîné revelou, avança a AFP, que o cabeleireiro do presidente francês ganha quase 10 mil euros por mês: 9895, mais precisamente.

A publicação identifica o cabeleireiro de Hollande apenas como Olivier B., publicando pormenores do seu contrato com o Eliseu. E os franceses não tardaram a reagir, manifestando indignação perante o salário do cabeleireiro da Presidência, que além do ordenado tem ainda direito a um subsídio de alojamento e outros benefícios "familiares" não especificados.

No Twitter, muitos decidiram partilhar imagens de Hollande com longos cabelos ou cortes de cabelo diferentes, que justifiquem o salário do cabeleireiro. A hashtag #Coiffeurgate (coiffeur quer dizer cabeleireiro em português) é tendência no Twitter em França e houve mesmo alguns utilizadores da rede social a sugerirem que Alain Juppé seja o próximo presidente da República francesa, já que é careca e assim muito dinheiro poderia ser poupado aos contribuintes.

Houve ainda quem colocasse lado a lado duas imagens de Hollande, a primeira em 2012 e a segunda em 2016, fazendo referência ao aumento de peso do presidente: "10 mil euros para o cabeleireiro. Curioso para saber o salário do nutricionista...", escreveu um utilizador do Twitter.

O cabeleireiro do presidente francês viaja com Hollande na maior parte das deslocações ao estrangeiro do governante e o contrato que assinou prevê ainda que mantenha "absoluta confidencialidade" sobre o trabalho e quaisquer informações a que tenha acesso durante e depois do cumprimento da função.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG