Macron quer Notre-Dame reconstruída em cinco anos

O Presidente francês, Emmanuel Macron, disse esta terça-feira que a Catedral de Notre-Dame, em Paris, parcialmente destruída por um incêndio, estará reconstruída "em cinco anos".

"Vamos reconstruir a catedral ainda mais bonita e quero que seja concluída em cinco anos", afirmou o Presidente num muito curto discurso na televisão, 24 horas depois do desastre.

"O incêndio de Notre-Dame lembra-nos a nossa história e não o esqueceremos. Lembra-nos, também, que haverá sempre desafios a superar", declarou o chefe de Estado francês, que qualificou os bombeiros como "heróis", que lutaram contra as chamas, durante 15 horas.

"O que vimos nessa noite foi a capacidade de mobilização, de nos unirmos para vencer. Ao longo da nossa história construímos cidades, portos, igrejas, muitos queimados... E de cada vez que isso aconteceu, reconstruímos", garantiu.

Na segunda-feira à noite, Macron lançou uma grande subscrição nacional para a reconstrução do monumento e as doações ultrapassam já os 700 milhões de euros, de grandes fortunas e grupos industriais franceses.

A estrutura do telhado de Notre-Dame foi devastada pelo fogo e sua torre de 93 metros desabou, mas o edifício com mais de 800 anos permaneceu de pé.

Em 2024, Paris acolhe mais uma edição dos Jogos Olímpicos.

Exclusivos

Premium

Gastronomia

Quem vai ganhar em Portugal as próximas estrelas Michelin

É já no próximo dia 20 em Sevilha que vamos conhecer a composição ibérica das estrelas Michelin para 2020. Estamos em festa, claro, e festejaremos depois com os nossos bravos, mesmo sabendo que serão poucos para o grande nível a que já chegámos. Fernando Melo* escreve sobre quais os restaurantes em Portugal que podem ganhar estrelas Michelin em 2020.