Filmes de animação e pornografia no computador de Bin Laden

Filmes de animação como "Carros" ou "Chicken Little" ao lado do diário de Bin Laden e de propaganda terrorista são uma parte dos documentos do fundador da al-Qaeda agora revelados pela CIA.

Um computador confiscado na operação das forças especiais dos Estados Unidos que matou Osama bin Laden, em 2011, continha uma coleção de vídeos que incluía desenhos animados para crianças, filmes de Hollywood, documentários (três deles sobre o próprio), jogos antigos, o filme do casamento de Hamza Bin Laden e pornografia.

A lista dos vídeos foi divulgada ontem pela agência de espionagem norte-americana, e estava entre quase 470.000 ficheiros encontrados no computador apreendido na operação realizada em 2 de maio de 2011 no esconderijo do fundador da al-Qaeda em Abbottabad, Paquistão. É a quarta parcela de materiais divulgados pelo governo norte-americano desde 2015.

Além dos ficheiros de vídeo (mais de 10 mil), estes arquivos contêm o diário de Ben Laden e 18 mil ficheiros com documentos e 79 mil ficheiros de áudio.

A informação de Abbottabad que não foi divulgada publicamente inclui materiais considerados "sensíveis" e que poderiam pôr em causa a segurança dos Estados Unidos; pornografia; malware; ficheiros corrompidos e duplicados e materiais protegidos por direitos de autor.

Estes incluem os filmes para crianças Antz - Formiga Z, Batman Gotham Knight, Carros, Chicken Little, A Idade do Gelo 3, Final Fantasy VII, documentários (quatro da National Geographic), três sobre Bin Laden, um sobre a civilização do Peru, outro sobre a Índia e outro ainda sobre o Kremlin.

"A divulgação de cartas, vídeos, ficheiros de áudio e outros materiais da al-Qaeda é uma forma do povo americano obter mais informações sobre os planos e o funcionamento desta organização terrorista. A CIA continuará à procura de oportunidades para partilhar informações com o povo americano de acordo com nossa obrigação de proteger a segurança nacional", disse o diretor da CIA, Mike Pompeo.

Além do aspeto mais curioso relacionado com os filmes, os ficheiros dão a conhecer o vídeo do casamento do filho preferido de Bin Laden, Hamza. A al-Qaeda tem divulgado mensagens de áudio de Hamza e este é apontado como futuro líder da organização terrorista.

Segundo o comunicado da CIA, estes materiais fornecem informações sobre as origens das divergências entre a al-Qaeda e o Estado Islâmico, e as dificuldades que a al-Qaeda enfrentava na altura.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG