Na Sibéria há um campeonato de chapadas

Novo "desporto" premeia quem é capaz de suportar mais estalos na cara sem desistir ou cair para o lado

Ainda não é um desporto de massas mas a atividade de andar à chapada, de forma organizada, vai ganhando adeptos e espetadores. Pelo menos nas redes sociais. O segundo campeonato masculino de chapadas na cara, realizado na Power Expo de Sarychev, na Sibéria, decorreu no passado fim de semana, demonstrando mais uma vez (ver vídeo em baixo) que isto de andar ao estalo é coisa para homens de barba rija.

Os "ursos" - não é ofensa: é assim que se autointitulam, na Rússia, os praticantes deste e de outros desportos que consistem em diversas demonstrações de força física - são regra geral halterofilistas e culturistas. Mas também há, como ilustra o vídeo em baixo, relativo à edição de 2018, o ocasional participante (ver segundo 00:37) que mais parece um turista que entrou acidentalmente no local errado à hora errada.

As regras da nova modalidade - para quem ainda não tinha percebido - resumem-se a dois homens, separados por uma caixa, esbofeteando-se à vez até que um caia para o lado ou se farte de levar. No final, são seguidos todos os códigos de conduta dos desportos de combate, com vencedor e vencido a cumprimentarem-se cordialmente após o mútuo espancamento.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG