Mulheres sauditas já conduzem, mas apenas para tirar a carta

Governo local está a substituir cartas de condução internacionais por cartas sauditas. Domingo entra em vigor a lei do Reil Sallman que lhes permite conduzir

Até agora a Arábia Saudita era o único país do mundo onde as mulheres estavam proibidas de conduzir. O Rei Salman anunciou em setembro de 2017 que esta proibição iria ser revogada.

E é já no próximo dia 24 de junho que as mulheres sauditas poderão conduzir pela primeira vez, apesar de protestos dos ultraconservadores e radicais islâmicos no país.

O governo local começou a substituir cartas de condução internacionais por cartas sauditas. Antes de se fazerem à estrada as mulheres têm de passar em exames de código, condução e mecânica.

O decreto real que permite às mulheres conduzirem neste país muçulmano ultraconservador contraria um pouco as reformas de inspiração do príncipe herdeiro Mohammed bin Salman, abrindo caminho à modernidade no Reino do Golfo.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG