Egito cancela encontro com genro de Donald Trump

Ministério dos Negócios Estrangeiros egípcio cancelou encontro com delegação dos EUA num aparente protesto contra corte de ajudas

O chefe da diplomacia egípcia, Sameh Shoukry, cancelou hoje um encontro com uma delegação de conselheiros da Casa Branca, dirigida por Jared Kushner, num aparente protesto contra o corte de ajuda norte-americana ao Egito.

Segundo o Ministério dos Negócios Estrangeiros do Egito, o cancelado encontro com o genro do presidente Donald Trump, o enviado especial da Casa Branca para o Médio Oriente, Jason Greenblatt, e a conselheira para a Segurança Nacional, Dina Powell, estava previsto para a tarde de hoje.

Na terça-feira, a administração Trump decidiu cortar perto de 100 milhões de dólares (84,9 milhões de euros) na ajuda militar e económica ao Egito e reter mais quase 200 milhões (169,7) em financiamento militar até que se registem melhorias nos direitos humanos e se atenuem as severas restrições aos civis e organizações não-governamentais.

Um comunicado do governo egípcio indica que se mantém o encontro previsto entre a delegação norte-americana e o Presidente, Abdel Fattah al-Sissi.

A delegação de conselheiros de Trump chegou hoje ao Cairo, depois de ter estado na Arábia Saudita, no Qatar e na Jordânia.

Numa ronda pelo Médio Oriente para tentar desbloquear o processo de paz entre israelitas e palestinianos, a delegação norte-americana tem previsto reunir-se na quinta-feira separadamente com o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, e com o presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG