Marine Le Pen já votou em Hénin-Beaumont

A candidata tem surgido nas sondagens como a favorita para vencer o centrista Emmanuel Macron

Marine Le Pen, a candidata da extrema-direita à presidência de França, votou hoje na primeira volta das eleições na comuna Hénin-Beaumont, na região de Norte-Pas-de-Calais (a cerca de 200 quilómetros de Paris).

Acompanhada pelo autarca da cidade, Steeve Briois, também do partido Frente Nacional (FN) e do seu companheiro, o eurodeputado Louis Alliot, Le Pen depositou o voto na urna rodeada de grande atenção mediática.

A candidata tem surgido nas sondagens como a favorita para vencer o centrista Emmanuel Macron.

Porém, nas últimas semanas as intenções de votos nos dois candidatos baixaram, ao contrário do que sucedeu com o conservador François Fillon e o candidato da extrema-esquerda Jean-Luc Mélenchon, o que torna incerto o resultado da primeira volta.

Marine Le Pen tem previsto passar esta manhã de domingo com a família, com quem irá almoçar, para depois acompanhar a jornada eleitoral, programada pelo seu partido, em Hénin-Beaumont.

Este programa da candidata contraria a tradição dos últimos anos, por um dos favoritos a passar à segunda volta não passe a noite eleitoral em Paris, onde estarão os outros 10 candidatos.

No local de voto de Le Pen marcou presença o grupo ativista Femen, cujos elementos femininos protestam em tronco nu.

Seis das ativistas foram detidas depois de saírem de uma viatura usando máscaras da candidata à presidência francesa e do Presidente norte-americano, Donald Trump.

As eleições decorrem sob fortes medidas de segurança, tendo as autoridades mobilizado mais de 50 mil agentes para proteger os locais de voto.

Cerca de 47 milhões de eleitores são chamados hoje às urnas para eleger o sucessor de François Hollande perante onze candidatos: Marine Le Pen, Emmanuel Macron, Jean-Luc Melénchon, François Fillon, Benoît Hamon, Nathalie Arthaud, Philippe Poutou, François Asselineau, Nicolas Dupont-Aignan, Jacques Cheminade e Jean Lassalle. Caso nenhum seja eleito hoje, com maioria absoluta, a segunda volta das eleições presidenciais está marcada para 07 de maio.

As mesas de voto abriram às 08:00 (07:00 em Lisboa) e encerram às 20:00 em Paris e nas grandes cidades, fechando uma hora mais cedo nas outras localidades.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG