Polícia de Manchester anuncia mais duas detenções

O atentado de segunda-feira foi perpetrado por um britânico de origem líbia de 22 anos, nascido em Manchester

A polícia britânica anunciou em comunicado ter prendido hoje dois homens, depois de realizar uma explosão controlada em Manchester, no âmbito do inquérito para apurar os contornos do ataque que matou 22 pessoas na segunda-feira.

A detenção destes dois homens, com idades entre 20 e 22 anos, eleva para 11 o número de suspeitos sob custódia na sequência da explosão de uma bomba à saída de um concerto da cantora norte-americana Ariana Grande, na Manchester Arena. Outros dois foram detidos mas entretanto libertados.

Na sexta-feira foi detido um homem de 44 anos na região de Rusholme, na periferia de Manchester, por alegadas ligações ao atentado terrorista de segunda-feira.

O atentado foi perpetrado por um britânico de origem líbia de 22 anos, nascido em Manchester.

O ataque fez 22 mortos, além do atacante, e 75 feridos, tendo sido reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG