Mais um detido em Manchester

Já vai em 13 o número de suspeitos presos por alegada ligação ao atentado

A polícia britânica anunciou hoje a detenção de um homem de 19 anos em ligação com o atentado suicida que causou 22 vitimas mortais na segunda-feira em Manchester, no Reino Unido.

O homem foi detido numa operação de busca no bairro de Gorton, na zona sudeste desta cidade do norte de Inglaterra, por "suspeita de infringir as leis antiterroristas".

Esta detenção eleva para 13 o número de pessoas atualmente detidas no âmbito das investigações, precisou em comunicado a polícia da região de Manchester.

Os 13 detidos, com idades entre os 18 e os 44 anos, estão a ser interrogados pela polícia devido ao atentado da passada segunda-feira na Manchester Arena, que causou 22 mortos, além do atacante, e 75 feridos, algumas dezenas em estado grave.

Entre eles, encontra-se Ismail Abedi, irmão do terrorista suicida Salman Abedi, o britânico de origem líbia de 22 anos que detonou uma bomba caseira à saída de um concerto da cantora norte-americana Ariana Grande.

Foram ainda detidos na Líbia outro irmão do autor do ataque, Hashim, e o seu pai, Ramadán Abedi, supostamente vinculado a um grupo radical.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG