Jihadista que narra propaganda do Estado Islâmico é lusodescendente

O homem que faz ameaças a Portugal e a Espanha, em francês, será filho de portugueses

O narrador do último vídeo de propaganda do grupo terrorista Estado Islâmico, em que são ameaçadas Portugal e Espanha, é lusodescendente, conta esta terça-feira o Público citando fontes dos "serviços de segurança". O homem tratar-se-á de Steve D. A. e terá uma posição de responsabilidade nos serviços de propaganda da organização 'jihadista' que controla partes do Iraque e da Síria.

O vídeo divulgado na semana passada pelo grupo terrorista é narrado em francês, o que levou meios de comunicação como o DN e o britânico The Guardian a referir-se ao terrorista como francês. Na verdade, Steve D. A. é um luxemburguês filho de portugueses que emigraram de Trás-os-Montes, e tem família em Aveiro, segundo relata o Público.

Steve D. A. terá cerca de 29 anos, tendo partido para a Síria em agosto de 2014, juntamente com os restantes membros de um primeiro grupo de 'jihadistas' composto por portugueses e lusodescendentes.

No vídeo narrado por Steve D. A., cujo cabelo louro é visível sob o pano que lhe cobre a cara, são feitas ameaças que mencionam especificamente a Península Ibérica. Esta é referida como Al-Andalus, o nome por que ficou conhecida em árabe a partir do século VII, quando parte dela estava sob o poder do califado islâmico do Norte de África.

"Al-Andalus tem paciência. Não eras espanhola nem portuguesa, mas sim muçulmana", ouve-se em francês. "Juro que pagareis um preço muito alto e que o vosso final será muito doloroso. Se Deus quiser, recuperaremos Al-Andalus."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG