Japão lança satélite "espião" para recolher informações na Coreia do Norte

Este é o sétimo instrumento deste tipo

O Japão lançou hoje, 27 de fevereiro, com êxito um foguetão com um novo satélite "espião" destinado a recolher informações sobre as instalações de mísseis na Coreia do Norte, noticiou a Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial (JAXA).

O satélite foi colocado em órbita a bordo de um modelo de foguetão H2-A, lançado do centro espacial Uchinoura, na prefeitura de Kagoshima, conforme previsto pela agência.

Este satélite de reconhecimento tem como objetivo verificar os desenvolvimentos nas instalações de lançamento de mísseis ou testes nucleares da Coreia do Norte, elevando para um total de sete o número de instrumentos deste tipo.

O Japão pretende desenvolver até uma dúzia de satélites "espiões", incluindo óticos (destinados a capturar fotografias a uma grande distância) e equipados com radares (capazes de fotografar à noite, em condições atmosféricas adversas).

O executivo japonês não divulga as imagens capturadas por este tipo de satélite, embora também se sirva do instrumento para observar áreas afetadas por catástrofes naturais.

O Japão iniciou o programa de satélites de reconhecimento em 1998, em resposta a um teste de míssil norte-coreano em território japonês.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG