Serviços secretos americanos acreditam que Kim engana Trump

Fontes da secreta americana revelam a estação televisiva haver imagens captadas por satélite que mostram atividade no Centro de Pesquisa Nuclear em Yongbyon

A Coreia do Norte terá aumentado nos últimos meses a sua produção de urânio em vários locais secretos tendo em vista a produção de armas nucleares. Fontes dos serviços secretos norte-americanos garantiram à NBC News "haver provas inequívocas" de que Coreia está a tentar enganar os Estados Unidos, depois do encontro histórico a 12 de junho entre Kim Jong-un e Donald Trump.

De acordo com as mesmas fontes, não há provas de que a Coreia tenha reduzido as reservas ou parado a produção. "Há muitas coisas que se sabe que a Coreia do Norte tentou esconder dos EUA por muito tempo", afirmaram. A NBC News noticia ainda haver imagens de satélite que mostram funcionamento no Centro de Pesquisa Nuclear de Yongbyon.

O canal de televisão solicitou um comentário à Casa Branca sobre esta última análise feita pelos serviços secretos americanos, mas ainda não foi feito qualquer comentário. Isto depois de o presidente americano ter anunciado ao mundo, após o encontro de há duas semanas, de que não haveria mais uma ameaça nuclear vinda da Coreia do Norte.

Por ordem de Trump, os militares americanos cancelaram os exercícios de treino na península coreana, uma concessão a Kim Jong-un, enquanto estes teriam de parar com os testes nucleares com mísseis. Concessões de um lado e do outro que deveriam ser cumpridas enquanto os dois Estados negoceiam um possível acordo para a desnuclearização.

Depois da troca de ameaças e insultos entre Trump e Kim em 2017, 2018 tem sido o ano da aproximação entre os dois líderes. O que culminou na cimeira de 12 de junho.

A 25 de maio, os norte-coreanos desmantelaram a sua base de testes nucleares, num gesto de boa vontade em direção à desnuclearização da península coreana. Desde 2006, Pyongyang realizou seis ensaios nucleares, o último dos quais no ano passado. Todos eles em Punggye-ri, na provínvia de Hamgyong.

Ler mais

Exclusivos