Famoso bailarino banido pela Ópera de Paris devido a discurso homofóbico

Sergei Polunin foi a estrela do videoclip "Take Me To Church", do cantor Hozier, que tinha uma mensagem contra a homofobia. Afinal, o bailarino pensa assim: "Um homem deve ser um homem (...) essa é a razão pela qual têm testículos"

Irónico. O famoso bailarino ucraniano Sergei Polunin foi banido de uma produção de "O Lago dos Cisnes" pelo Paris Opera Ballet depois de ter feito um discurso homofóbico e sexista na sua conta de Instagram. Polunin, de 29 anos, é considerado o "bad boy" do ballet e, segundo o Daily Mail, criticou os dançarinos homossexuais num post publicado na sua conta de Instagram, no mês passado.

Sergei Polunin foi a estrela de um videoclip do cantor irlandês Hozier, realizado por David LaChapelle, da canção "Take Me To Church". Lançada em 2013, a música ganhou uma nova imagem graças à coreografia de Jade Hale-Christofi e à interpretação de Polunin. O videoclip original da canção tinha uma mensagem contra a homofobia: era protagonizado por um casal do mesmo sexo e Hozier explicou na altura do lançamento que era uma referência ao aumento de ataques contra homossexuais na Rússia.

"Um homem deve ser um homem e uma mulher deve ser uma mulher, essa é a razão pela qual têm testículos", escreveu o bailarino.

"As fêmeas agora tentam assumir o papel de homem porque vocês não as fodem (sic) e porque vocês são uma vergonha", disse Polunin, de 29 anos, que conquistou a nacionalidade russa em novembro e é um grande fã do Presidente russo Vladimir Putin, referindo-se aos bailarinos gays.

O texto continuava. "'Os homens são lobos, são leões. O homem é o líder da família", lia-se também.

A Ópera de Paris confirmou à AFP, esta segunda-feira, que retirara o convite para que Sergei Polunin fosse o bailarino principal na produção, que estreia já no próximo mês, até porque no espetáculo o príncipe deveria ser interpretado como um homossexual reprimido. Adrien Couvez, famoso bailarino de paris, já tinha dito que Polunin era um "embaraço".

Depois das afirmações contra os colegas gays, o ucraniano usou também o Instagram para atacar pessoas acima do peso. "Vamos dar uma palmada nas pessoas gordas quando as virmos, isso vai ajudá-las e encorajá-las a perder alguma gordura. Não há respeito pela preguiça!", escreveu.

Polunn é considerado um dos dançarinos mais talentosos de sua geração. Entrou para a história como o mais jovem dançarino principal no Royal Ballet de Londres: tinha apenas 19 anos.

O vídeo original de "Take Me To Church":

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

O Banco de Portugal está preso a uma história que tem de reconhecer para mudar

Tem custado ao Banco de Portugal adaptar-se ao quadro institucional decorrente da criação do euro. A melhor prova disso é a fraca capacidade de intervir no ordenamento do sistema bancário nacional. As necessárias decisões acontecem quase sempre tarde, de forma pouco consistente e com escasso escrutínio público. Como se pode alterar esta situação, dentro dos limites impostos pelas regras da zona euro, em que os bancos centrais nacionais respondem sobretudo ao BCE? A resposta é difícil, mas ajuda compreender e reconhecer melhor o problema.