Donald Trump está a ter um "ótimo momento" na China

Trump e a mulher, Melania, assistiram a uma performance com música e dança na Cidade Proibida. Presidente dos EUA está em Pequim para uma visita oficial de dois dias

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse hoje que está a ter um "ótimo momento" na China, horas após ter aterrado em Pequim para uma visita oficial de dois dias.

O comentário de Trump aos jornalistas foi feito após o chefe de Estado e a mulher, Melania Trump, terem assistido a uma 'performance' com música e dança na Cidade Proibida, antigo complexo imperial situado no coração de Pequim, por jovens estudantes de ópera vestidos com trajes tradicionais chineses.

Trump e Melania foram acompanhados pelo Presidente chinês, Xi Jinping, e a mulher, Peng Liyuan.

Horas antes, Donald Trump foi recebido no aeroporto em Pequim com uma cerimónia que incluiu guarda de honra, banda de marcha e crianças a entoar bem-vindo.

Chefes de Estado em visita a Pequim têm geralmente uma receção discreta no aeroporto, reservando-se a pompa e circunstância para o Grande Palácio do Povo, no centro da capital chinesa.

As cerimonias de boas-vindas na China têm-se tornado cada vez mais elaboradas, desde a ascensão ao poder do Presidente chinês, Xi Jinping, cuja política externa se tem revelado mais assertiva do que a dos seus antecessores.

A Cidade Proibida, um antigo complexo imperial situado no coração de Pequim, está normalmente repleto de turistas, mas hoje encontra-se vazio para receber Trump.

Os líderes das duas maiores economias do planeta terão hoje e quinta-feira várias reuniões, centradas em questões comerciais e no programa nuclear da Coreia do Norte.

Ler mais

Exclusivos