Dois detidos depois de lançarem pânico com armas falsas em aeroporto de Paris

Situação obrigou a evacuar terminal e atrasou voos no aeroporto Charles de Gaulle esta quarta-feira.

A polícia francesa deteve duas pessoas que empunharam armas falsas no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, esta quarta-feira, causando pânico e obrigando a evacuar temporariamente um terminal, avança a agência Reuters citando a imprensa local.

"Os indivíduos foram detidos pelas 08:30 (menos uma hora em Lisboa). Como precaução, foi estabelecido um perímetro de segurança durante cerca de 45 minutos. Durante esse período, voos e outras operações foram adiadas no terminal", disse um porta-voz do aeroporto, que acrescentou que as operaçõos no terminal 2AC retomaram a normalidade às 11:30. O mesmo responsável recusou detalhar quantos voos foram atrasados ou porque é que os indivíduos foram detidos.

Segundo a FranceInfo, dois jovens foram detidos após terem sido observados a tirar das mochilas armas que depois se comprovou serem falsas. A Reuters não conseguiu contactar os responsáveis de segurança do aeroporto Charles de Gaule para obter mais esclarecimentos.

A França tem mantido um nível de alerta elevado devido aos ataques de militantes islâmicos que têm ocorrido no país desde 2015. A maioria dos atentados ocorreu entre 2015 e 2016, mas têm-se repetido esporadicamente até aos dias de hoje. O mais recente foi um ataque no mercado de Natal de Estrasburgo, a 11 de dezembro: cinco pessoas foram mortas por um atirador, que viria a ser detido e neutralizado depois de ter escapado às autoridades no local.

Exclusivos