Ciberataque atinge vários jornais norte-americanos

A impressão e distribuição de vários jornais norte-americanos foi perturbada no sábado por um ciberataque, noticiou a imprensa daquele país.

Los Angeles Times, Chicago Tribune e Baltimore Sun (estes dois últimospertencentes ao grupo Tribune Publishing). Todos eles foram vítimas, sábado, de um ciberataque que lhes atrasou a impressão e a distribuição.

A Tribune Publising revelou que começou a perceber que algo estava mal na sexta-feira. O ataque atingiu uma gráfica onde todos estes jornais são impressos. As edições da costa oeste do Wall Street Journal e do New York Times, que também partilham em Los Angeles a mesma plataforma de produção, foram também atingidas.

Uma fonte bem informada do Los Angeles Times disse acreditar que o ataque teve origem fora dos EUA. "Acreditamos que a intenção do ataque foi desativar a infraestrutura, especificamente servidores, mais do procurar roubar informação."

Marisa Kollias, porta-voz da Tribune Publising, confirmou que o vírus informático atingiu sistemas de back-office usados para a produção de jornais propriedade do grupo.

Este inclui ainda títulos como o New York Daily News, o Orlando Sentinel e o Capital-Gazett, de Annapolis (cuja redação foi vítima em junho passado de um ataque por um atirador solitário que fez cinco mortos).

Uma outra publicação, o Fort Lauderdale Sun-Sentinel, também foi vítima de um vírus informático que lhe mandou abaixo a produção e as linhas telefónicas.

"Estamos informados sobre notícias de um possível ciberataque a vários órgãos de comunicação social e estamos a trabalhar com o governo e com os nossos parceiros industriais para perceber melhor a situação, disse uma fonte do Departamento de Segurança Interna. O FBI não fez qualquer comentário.

Ler mais

Exclusivos