França: mais de 130 pessoas ficaram feridas e 1723 foram detidas

Das pessoas detidas para interrogatório por todo o país por ocasião da quarta mobilização dos "coletes amarelos", 1200 foram ficaram sob custódia

Um total de 1 723 pessoas foram detidas para interrogatório em França por ocasião da quarta mobilização dos "coletes amarelos" e 1 200 foram detidas, segundo dados disponibilizados este domingo pelo Ministério do Interior.

Perto de 136 mil pessoas participaram nesta jornada de protesto, tantas quantas as que engrossaram a mobilização de 1 de dezembro, acrescentou o Ministério do Interior.

Em Paris foram detidas para interrogatório 1 082 pessoas, informou a polícia.

Mais de 130 pessoas ficaram feridas durante os protestos do movimento dos "coletes amarelos", anunciou no sábado o ministro do Interior francês, Christophe Castaner. O ministro do Interior adiantou que das 135 pessoas que ficaram feridas nos protestos, 17 eram polícias.

Os protestos dos "coletes amarelos" reuniram, no sábado, 136 mil pessoas em toda a França, dos quais 10 mil em Paris, segundo o governante.

O movimento dos "coletes amarelos" começou há algumas semanas em protesto contra o aumento do preço dos combustíveis.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG