Homem dispara junto a mesquita em França. Duas pessoas ficaram feridas

A polícia francesa fez saber que deteve um homem suspeito de ser o autor dos disparos junto a uma mesquita em Baiona, no sudoeste de França.

Duas pessoas ficaram feridas esta segunda-feira depois de um homem ter feito disparos junto a uma mesquita em Baiona, no sudoeste de França. A polícia afirmou que deteve o suspeito do tiroteio que terá ainda tentado atirar uma bomba para o interior da mesquita.

A Reuters, que cita fonte policial, avança que o autor dos disparos é um homem de 84 anos, com ligações à extrema-direita. O jornal Le Figaro adianta que se trata de Claude S. L'Homme, candidato pelo partido de Marine Le Pen, Frente Nacional (agora União Nacional), nas eleições de 2015.

De acordo com as autoridades regionais dos Pirenéus Atlânticos, o homem tentou incendiar a porta da mesquita de Baiona às 15:20 (14:20 em Portugal), tendo sido surpreendido por duas pessoas que acabaram por ser baleadas.

Os dois feridos, de 74 e 78 anos, foram transferidos para o centro hospitalar de Baiona.

Uma brigada antiminas deslocou-se à casa do autor dos disparos, em Saint-Martin de Seignanx, a 16 quilómetros de Baiona.

Marine Le Pen já condenou o ataque através de uma mensagem na rede social Twitter.

"O ataque à mesquita de Bayonne é um ato inqualificável, absolutamente contrário a todos os valores do nosso movimento. Este tipo de crimes deve ser tratado com a maior severidade", escreveu Marine Le Pen.

Também o ministro do Interior, Christophe Castaner, usou as redes sociais para expressar "solidariedade e apoio à comunidade muçulmana".

Foi aberta uma investigação e foi estabelecido um perímetro de segurança junto ao local da mesquita.

Exclusivos

Premium

Gastronomia

Quem vai ganhar em Portugal as próximas estrelas Michelin

É já no próximo dia 20, em Sevilha, que vamos conhecer a composição ibérica das estrelas Michelin para 2020. Estamos em festa, claro, e festejaremos depois com os nossos bravos, mesmo sabendo que serão poucos para o grande nível a que já chegámos. Fernando Melo* escreve sobre os restaurantes que podem ganhar estrelas Michelin em 2020 em Portugal.