Greve na Air France obrigou a cancelar 1.030 voos em quatro dias

A greve de pilotos coincidiu com o início do Euro 2016 e custou 5 milhões de euros por dia à companhia

A companhia aérea Air France indicou esta terça-feira, no último dia de uma greve de pilotos, que em quatro dias foram cancelados 1.030 voos e afetados 127 mil passageiros.

Em comunicado, a Air France indica que, na quarta-feira, uma vez terminada a paralisação, conta manter 100% dos voos intercontinentais, 99% dos voos em França e 97% dos voos para a Europa.

Hoje, a situação estava a decorrer de acordo com as previsões feitas pela companhia aérea na segunda-feira, com 23% dos voos cancelados.

Os três sindicatos que convocaram esta greve, que representam a grande maioria dos pilotos, pretendem pressionar a administração quanto a uma série de revindicações, incluindo as regras de remuneração e a repartição da atividade entre a Air France e os parceiros holandeses da KLM.

A greve foi mais criticada ainda pelo público por acontecer durante os primeiros dias do Euro 2016, que decorre em França. A companhia tinha dito que iria dar prioridade aos voos para as cidades onde decorre o campeonato, segundo a BBC, mas quatro dos sete voos para Marselha foram cancelados no sábado.

O chefe executivo da companhia aérea tinha estimado os prejuízos da greve em cinco milhões de euros por dia.

Outra greve de controladores aéreos franceses que decorreu no âmbito dos protestos contra a reforma laboral causou também esta terça-feira alguns atrasos, mas não levou ao cancelamento de voos, indicou a Direção-Geral da Aviação Civil (DGAC).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG