"Fumar mata mais pessoas do que Obama", avisa cartaz em Moscovo

Imagem do 'poster' foi partilhada por deputado russo da oposição, "enojado" com a referência ao Presidente dos EUA

Um cartaz colocado numa rua de Moscovo mostra uma ilustração do Presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, a fumar um cigarro. Por baixo do desenho, a frase que serve, alegadamente, para sensibilizar os fumadores: "Fumar mata mais pessoas do que Obama, mesmo que ele mate muitas". Para concluir, a seguinte mensagem: "Não fume, não seja como o Obama".

A imagem do cartaz, inusitada, tornou-se viral desde que foi partilhada no Facebook por um deputado da oposição russa, Dmitry Gudkov. Segundo o The Guardian, Gudkov escreveu no Facebook que o poster com Obama metia nojo e que ficava embaraçado por saber que estava colocado numa rua de Moscovo. A partilha do deputado na rede social já teve quase dois milhões de "gostos" e foi amplamente divulgada por toda a comunicação social russa.

O município de Moscovo não quis comentar a mensagem no cartaz, cuja autoria não foi reclamada nem inclui qualquer crédito.

Já na semana passada, um vídeo com o título "Parar Obama" foi divulgado nas redes sociais, mostrando dezenas de estudantes caindo no chão, como mortos, até que surge uma jovem mostrando um quadro com a mensagem: "O Presidente dos EUA mata 875 pessoas por semana".

Exclusivos

Premium

Liderança

Jill Ader: "As mulheres são mais propensas a minimizarem-se"

Jill Ader é a nova chairwoman da Egon Zehnder, a primeira mulher no cargo e a única numa grande empresa de busca de talentos e recursos. Tem, por isso, um ponto de vista extraordinário sobre o mundo - líderes, negócios, política e mulheres. Esteve em Portugal para um evento da companhia. E mostrou-o.