Saco suspeito motivou evacuação de pátio do Louvre, já reaberto

A polícia de Paris afirmou na rede social Twitter que decorreram "medidas de verificação simples como precaução" e que os especialistas em explosivos já abandonaram o local

Um saco suspeito foi a causa da evacuação do pátio interior do museu do Louvre, em Paris, onde decorrerá a noite eleitoral do candidato presidencial francês Emmanuel Macron, mas o espaço já foi reaberto.

A polícia de Paris afirmou na rede social Twitter que decorreram "medidas de verificação simples como precaução" e que os especialistas em explosivos já abandonaram o local.

O museu não foi evacuado nem fechado e os visitantes continuaram a entrar e a sair do edifício.

No pátio está montada uma sala de imprensa e 300 jornalistas foram retirados do local.

O palácio no centro de Paris já estava a ser vigiado depois de um extremista ter atacado soldados que estavam de guarda durante a campanha presidencial.

Cerca de 50 mil polícias e militares estão em alerta durante a segunda volta das eleições presidenciais de hoje, em que Macron defronta a candidata de extrema-direita, Marine Le Pen.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG