Estado Islâmico reivindica ataques na cidade de Kirkuk

Extremistas atacaram com granadas e espingardas vários bairros da cidade iraquiana

O autoproclamado Estado Islâmico reivindicou a autoria de ataques suicidas perpetrados hoje em Kirkuk, no norte do Iraque, anunciou o grupo através da agência Amaq, uma organização associada aos extremistas islâmicos.

"As forças do Estado Islâmico atacaram a cidade de Kirkuk por todos os lados", refere o 'site' da Amaq na internet depois de um bombista suicida ter atacado o maior quartel da polícia da cidade.

Os extremistas do Estado Islâmico atacaram igualmente uma central de energia localizada na zona norte de Kirkuk.

De acordo com o relato de um correspondente da agência France Presse na cidade, dezenas de extremistas armados com granadas e espingardas de assalto tomaram posições em "vários bairros" de Kirkuk.

O correspondente da AFP refere ainda que viu nove homens armados "vestidos como afegãos" numa rua do bairro de Adan.

Entretanto, testemunhas citadas pela France Presse afirmam que viram hoje de manhã pequenos grupos de homens com armas a entrar em mesquitas e a tomar posições no interior de edifícios em várias zonas da cidade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG