Um dos atacantes de Bruxelas foi detido na Turquia em junho

O homem terá sido deportado para a Holanda, com indicação de que se tratava de um combatente terrorista

O presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse esta quarta-feira numa conferência de imprensa que um dos atacantes responsáveis pelos atentados em Bruxelas foi "apanhado na Turquia" em junho do ano passado.

Segundo a agência Reuters, Erdogan afirmou que o homem tinha sido deportado para a Holanda em julho de 2015 a seu pedido, e que a deportação tinha sido comunicada às autoridades holandesas. A Bélgica "ignorou" o aviso de que o homem era um combatente terrorista, afirma o presidente.

O gabinete da presidência turca esclareceu mais tarde que Erdogan se referia a Ibrahim El-Bakraoui, o bombista suicida que se fez explodir no aeroporto de Zaventem. As duas explosões no aeroporto de Zaventem mataram pelo menos 11 pessoas.

Pelo menos 31 pessoas morreram nos atentados reivindicados pelo grupo Estado Islâmico na capital belga. Além das 11 pessoas que morreram, uma terceira explosão na estação de metropolitano de Maelbeek, a apenas 200 metros da sede da Comissão Europeia, provocou a morte a pelo menos 20 pessoas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG