Enorme iceberg na Gronelândia obrigou a evacuar uma povoação

Risco de tsunami levou a que todos os habitantes de uma aldeia fossem retirados de suas casas

O iceberg de seis quilómetros de largura que se soltou esta sexta-feira de um glaciar na Gronelândia obrigou as autoridades a ativar o sistema de alerta de tsunami e, por precaução, a evacuar uma aldeia no leste da ilha.

Os 180 habitantes da povoação de Innaarsuit foram obrigados a sair de suas casas devido ao elevado risco de inundações, provocadas pela enorme massa de gelo.-

A primeira fratura no glaciar que deu origem a este iceberg foi registada pelos cientistas no dia 22 de junho e o momento foi capturado em vídeo pelos cientistas no local:

O alerta de segurança foi ainda justificado porque existe uma elevada possibilidade de o iceberg se partir em qualquer momento em partes mais pequenas, provocando ondas gigantes.

Exclusivos

Premium

Alentejo

Clínicos gerais mantêm a urgência de pediatria aberta. "É como ir ao mecânico ali à igreja"

No hospital de Santiago do Cacém só há um pediatra no quadro e em idade de reforma. As urgências são asseguradas por este, um tarefeiro, clínicos gerais e médicos sem especialidade. Quando não estão, os doentes têm de fazer cem quilómetros para se dirigirem a outra unidade de saúde. O Alentejo é a região do país com menos pediatras, 38, segundo dados do ministério da Saúde, que desde o início do ano já gastou mais de 800 mil euros em tarefeiros para a pediatria.