Livros infantis levavam cocaína de Portugal para Sidney

Mais de 1,7 kg de cocaína, no valor de quase 600 mil euros, foram encontrados escondidos dentro de livros infantis importados de Portugal para Sidney, na Austrália, revela a Australian Associated Press.

Segundo a fonte, que cita a polícia local, os livros foram detetados em dois desembarques feitos nos dias 1 e 4 de maio.

Oficiais das forças de segurança de fronteira australianas radiografaram e inspecionaram os carregamentos e encontraram 1,72 kg de cocaína, com um valor estimado de até 645.000 dólares (574 mil euros).

Um homem de 31 anos foi preso em Vaucluse, no leste de Sidney, na sexta-feira, o que levou à busca de uma casa onde aparelhos eletrónicos, documentos e uma pequena quantidade de cannabis foram apreendidos.

O homem vai ser esta terça-feira presente ao Tribunal Central Local, acusado de importar droga.

Exclusivos

Premium

Nuno Severiano Teixeira

"O soldado Milhões é um símbolo da capacidade heroica" portuguesa

Entrevista a Nuno Severiano Teixeira, professor catedrático na Universidade Nova de Lisboa e antigo ministro da Defesa. O autor de The Portuguese at War, um livro agora editado exclusivamente em Inglaterra a pedido da Sussex Academic Press, fala da história militar do país e da evolução tremenda das nossas Forças Armadas desde a chegada da democracia.

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.