Dois potentes sismos sacudiram o leste do Peru sem registo de vítimas

O primeiro terramoto ocorreu às 17.45. Até agora não há registo de danos

Dois sismos de magnitude 7,6 na escala de Richter sacudiram, na terça-feira, o leste do Peru perto da fronteira com o Brasil, sem que haja, até ao momento, registo de vítimas ou danos.

O primeiro terramoto ocorreu às 17:45 (22:45 em Lisboa), tendo sido seguido, cinco minutos mais tarde, de um outro, com igual magnitude, na mesma área, segundo o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS), que monitoriza a atividade sísmica mundial.

O epicentro dos abalos foi localizado na região de Madre de Dios, na Amazónia peruana, a 681 quilómetros a nordeste da capital, Lima, e a 173 quilómetros a noroeste de Iberia, a mais de 600 quilómetros de profundidade.

Além de terem abalado várias cidades peruanas - Cuzco, Tacna, Pucallpa e Arequipa - os sismos foram também sentidos em zonas do norte do Chile, Argentina, Bolívia, Colômbia e Venezuela, segundo reportaram os meios de comunicação locais.

O Peru assenta no chamado "Anel de Fogo do Pacífico" - uma zona de elevada atividade sísmica e vulcânica.

O maior sismo registado no Peru, com uma magnitude de 7,9, com epicentro na costa central, ocorrido há quase uma década - a 15 de agosto de 2007 - fez 595 mortos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG