Deputado do Podemos: "Uso rastas há quatro anos. Não vou mudar"

Rastas de deputado espanhol chamaram a atenção e declarações da vice-presidente do Parlamento espanhol, Celia Villalobos, suscitaram polémica

Alberto Rodriguez, deputado do Podemos, partido de esquerda fundado em 2014, tem sido o centro das atenções depois dos comentários polémicos feitos pela vice-presidente do Parlamento espanhol, Celia Villalobos, sobre o seu penteado.

Numa intervenção feita no programa La Mañana, transmitido pela TVE, Villalobos teceu comentários pouco abonatórios sobre o visual do deputado de 33 anos: "Para mim tanto me faz que um deputado do Podemos use rastas. Se as mantiver limpas, para não me passar piolhos, então perfeito".

Deputado eleito por Santa Cruz de Tenerife, Rodriguez já reagiu às declarações da vice-presidente, que é do Partido Popular, em entrevista ao jornal La Opinion. Classificando as palavras de Villalobos como "uma falta de respeito", o deputado afirmou que não está interessado em alimentar polémicas. "Não venho para o Parlamento para isso, há muita gente neste país, principalmente nas ilhas, que está a passar mal, que precisa de medidas urgentes. É nisso que nos devemos concentrar", declarou, referindo que adotou o visual "há quatros anos" e não tem "previsto nenhuma mudança de aspeto".

Ainda ao La Opinion Rodriguez sublinhou que no Podemos "não faltamos ao respeito, nem à Constituição nem aos restantes deputados, pela nossa forma de vestir ou pelo penteado que escolhemos". Ainda sobre o seu visual afirmou: "Existe um grande debate acerca disso, das rastas estarem associadas a uma cultura, uma música e até mesmo uma forma de viver ou de pensar, mas esse não é o meu caso. Para mim é só um penteado".

Exclusivos