Custou mil milhões e ocupa 36 campos de futebol. É a nova sede da secreta alemã

O complexo demorou 12 anos a ser construído. Nesse espaço não entram telemóveis, computadores portáteis pessoais e não há acesso ao email pessoal ou às redes sociais

As novas instalações dos Serviços Secretos da Alemanha, em Berlim, foram oficialmente inauguradas esta sexta-feira com a presença da chanceler Angela Merkel. Trata-se um conjunto de edifícios ultra modernos que ocupam um espaço equivalente a 36 campos de futebol e que demorou 12 anos a ser construído. O custo total da obra: mais de mil milhões de euros.

O complexo está na rota do muro de Berlim e é um dos espaços mais secretos e restritos da Alemanha, tendo regras de segurança muito apertadas, que restringem ao máximo aquilo que cada um dos funcionários pode ou não fazer. Houve inclusive uma polémica em relação às palmeiras artificiais que foram colocadas, que o Senado garantiu serem obras de arte e não dispositivos de escutas no exterior dos edifícios

Ali vão estar cerca de quatro mil trabalhadores, dos quais 3200 já utilizam as novas instalações, que substituem os velhos edifícios dos arredores de Munique. Certo é que cada um desses funcionários não pode utilizar o seu telemóvel, computador portátil, nem pode consultar os seus emails pessoais ou as suas contas nas redes sociais.

As medidas de segurança são tão apertadas, que no final de cada dia de trabalho todos os cartões de acesso aos diferentes departamentos dos Serviços Secretos alemães têm de ficar dentro de um cofre.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG