Corpos de família síria assassinada encontrados em arca congeladora

Mãe e duas crianças foram encontradas sem vida. Polícia está "ativamente" à procura do pai, que não estava no local

A polícia dinamarquesa revelou esta segunda-feira ter encontrado três corpos numa arca congeladora, num apartamento na cidade de Aabenraa, no sul da Dinamarca. Tratam-se dos cadáveres de uma mulher, de 27 anos, e das duas filhas, de sete e nove anos.

O alerta foi dado por um parente, que esteve vários dias sem conseguir entrar em contacto com a família. O pai das crianças não estava no apartamento e a polícia está "ativamente" à procura dele, informaram as autoridades em comunicado.

As vítimas, de nacionalidade síria, tinham chegado à Dinamarca em 2015 e tinha-lhes sido garantido, tal como ao pai da família, estatuto de refugiados.

As autoridades encontraram os corpos depois de terem revistado o apartamento onde os quatro viviam, revelou a AFP.

A Dinamarca acolheu em 2015 cerca de 21 mil migrantes, fluxo que diminuiu significativamente desde que o país restabeleceu os controlos fronteiriços, no início de 2016.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG