Cachalote morre com uma bola de lixo de 100 quilos no estômago

O animal deu à costa, na ilha de Harris, na Escócia, na quinta-feira. Foi encontrada uma bola de 100 quilos de lixo no seu estômago.

O cachalote que deu à costa da ilha Harris, Escócia, na quinta-feira, dia 28, já morto, tinha uma bola de 100 quilos de lixo no estômago, diz a BBC.

Embora especialistas sobre baleias tenham dito que não é claro se a morte é devida ao lixo acumulado, os locais que encontraram a carcaça do animal na praia de Seilebost, na ilha Harris, disseram que o acontecimento é um reforço da urgência que é o problema da poluição marinha.

A bola de lixo reunia redes de pesca, corda, tiras para embalar caixas, sacos e copos de plástico.

"Foi tremendamente triste, especialmente quando se viu as redes de pesca e o lixo que saiu do estômago da baleia", disse à BBC Dan Parry, um homem que vive na localidade de Luskentyre, que fica perto da praia de Seilebost.

Membros do Regime relativo ao Abandono de Animais Marinhos Escocês (Scotish Marine Animal Stransing Scheme - Smass) , uma organização escocesa que investiga as mortes de baleais e golfinhos, dissecaram o cachalote para tentar perceber a causa da sua morte.

"O animal não estava num estado de saúde particularmente mau, e mesmo sendo plausível que esta quantidade de lixo tenha sido um fator na sua morte, não conseguimos encontrar provas de que o lixo impactou ou bloqueou os intestinos", disse o grupo Smass numa publicação na sua página de Facebook.

A guarda costeira e trabalhadores do concelho das Ilhas Ocidentais, que engloba a ilha Harris, ajudaram a examinar o cachalote, e a cavar um grande buraco na praia de Seilebost para enterrar o animal.

De acordo com estatísticas da Smass, os relatos de baleias e golfinhos que vêm parar às costas da Escócia estão a aumentar. Em 2009 contabilizaram-se 204 animais, número que aumentou para 930 em 2018.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG