Britânico circuncidado por engano médico recebe 26 mil euros de indemnização

Entrou no hospital para uma cistoscopia, saiu com uma circuncisão. O paciente disse que estava tão distraído a conversar com as enfermeiras que nem se apercebeu do ocorrido

Terry Brazier, um britânico de 70 anos, recorreu ao hospital Leicester Royal Infirmary para uma intervenção cirúrgica na bexiga, mas saiu de lá hospital com o pénis circuncidado, por engano. Agora, recebeu uma indemnização de 24.000 libras (aproximadamente 26.100 euros), de acordo com o The Guardian.

A equipa do hospital misturou as anotações para a cirurgia e Brazier acabou por ser alvo de uma circuncisão. "Eu ia fazer a cirurgia para por botox na bexiga, mas acabaram por me circuncidar", afirmou o britânico ao jornal Daily Star . "A equipa nem sabia o que dizer quando descobriram o que realmente tinham feito. Depois disso disseram que precisavam de falar comigo. Para mim, foi uma verdadeira surpresa", acrescentou ainda.

Segundo o The Guardian, o britânico tinha recorrido ao hospital para realizar uma cistoscopia, que consiste num procedimento que envolve visualizar o interior da bexiga utilizando uma pequena câmara antes de ser injetado botox na parede do órgão. As injeções de botox têm o efeito de paralisar parcialmente a bexiga, reduzindo a incontinência urinária.

Terry Brazier disse ao Daily Star que estava tão distraído a conversar com as enfermeiras que não se apercebeu que estava a ser realizada uma cirurgia diferente daquela para para a qual ali estava. "Lamentamos genuinamente que o erro tenha", penitenciou-se Andrew Furlong, diretor médico dos Hospitais da Universidade de Leicester.

Exclusivos