Dois ataques em Damasco fazem vários mortos e feridos

Ataques sucedem-se na capital síria

Uma segunda explosão, num restaurante na zona ocidental de Damasco, matou hoje várias pessoas, depois de um ataque suicida num tribunal no centro da capital síria ter feito mais de 30 mortos, noticiaram 'media' sírios.

"Um terrorista fez explodir um cinto de explosivos dentro de um restaurante da zona de Rabweh, oeste de Damasco, fazendo vários mortos e feridos", noticiou a agência SANA.

Horas antes, no centro de Damasco, um homem entrou num tribunal, no edifício do antigo palácio da justiça, e acionou os explosivos que levava presos ao tronco.

Um primeiro balanço da polícia dava conta da morte de 25 pessoas e ferimentos em dezenas de outras, mas dados divulgados depois pela ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos evocam pelo menos 39 mortos, entre os quais 24 civis.

Os ataques de hoje juntam-se a dois outros perpetrados em poucos dias em Damasco, depois de, no sábado, dois ataques coordenados terem morto pelo menos 40 pessoas.

Os ataques de sábado foram reivindicados pelo ramo sírio da Al-Qaeda, anteriormente conhecido como Frente al-Nosra.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG