Beber sangue de cobra e comer escorpiões. Assim se sobrevive na selva

Militares de vários países aprendem como sobreviver à fome e sede

Estão a decorrer na Tailândia os chamados Cobra Gold, exercícios de sobrevivência que juntam unidades de vários países e que dão formação aos militares para vencerem os obstáculos da selva, nomeadamente a fome e a sede. Como? A beber sangue de cobra e a comer insetos e aranhas.

As imagens que chegam desta que já é a 37.ª edição dos jogos, são impressionantes, com um instrutor a ensinar a melhor técnica para apanhar uma cobra, matá-la e depois beber o sangue.

"A chave para a sobrevivência é saber o que comer", disse o sargento tailandês Maj Chaiwat Ladsin citado pelo Bangkok Post, que também deu um réptil aos fuzileiros para comerem, além de algumas plantas.

"Definitivamente esta é a primeira vez que bebo sangue. Não é algo que façamos muitas vezes nos Estados Unidos", comentou o sargento norte-americano Christopher Fiffie ao mesmo jornal, convicto estar apto para aguentar-se sozinho numa situação radical.

Nos exercícios participaram militares de vários países, como Indonesia, Japão, Malásia, Coreia do Sul, Singapura, além de tailândeses e norte-americanos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG