Mariano Rajoy apela à unidade institucional

O presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, apelou à unidade institucional, mostrando-se convicto de que juntos vencerão mais uma vez o terrorismo e deixando claro que toda a Espanha está comovida com o atentado de Barcelona.

Rajoy fez este apelo à união durante uma declaração institucional na delegação do Governo na Catalunha, depois de se ter deslocado a Barcelona, desde a Galiza, para se inteirar dos detalhes do atentado terrorista que causou 13 mortos e pelo menos 100 feridos, dos quais 15 em estado grave, nas Ramblas, centro da cidade.

O chefe do Governo quis que as suas primeiras palavras públicas fossem de lamento pelo ocorrido e de solidariedade para com as vítimas e as suas famílias, que neste momento são "a prioridade" do Governo.

Entretanto, Governo espanhol declarou três dias de luto nacional pelo ataque em Barcelona, a partir de hoje até 20 de agosto, durante a qual a bandeira nacional espanhola deverá ser içada a meia haste em todos os organismos oficiais e em todos os navios da Marinha.

O anúncio foi feito por Mariano Rajoy durante uma audiência na sede da Delegação do Governo central na Catalunha, depois de interromper as suas férias de verão.

Rajoy reuniu com o delegado do Governo na Catalunha, Enric Millo, e outras autoridades, para conhecer os detalhes da investigação.

O governo regional da Catalunha também decretou três dias de luto.

Exclusivos