A resposta a Manuel Valls. "Querem ser franceses? Mostrem o peito"

"Querem ser franceses? Mostrem o peito", disse a apresentadora do programa de televisão

Uma apresentadora mostrou o peito na televisão para gozar com as declarações do primeiro-ministro francês sobre a figura da república e o burkini. Manuel Valls foi bastante criticado na semana passada após ter usado a figura de Marianne, a mulher que representa a república francesa, para justificar a proibição do burkini em algumas cidades francesas.

Daphné Bürki, de 36 anos, mencionou toda a polémica do burquíni no programa de televisão La Nouvelle Édition, que estreou esta segunda-feira no canal francês C8, e brincou com as palavras de Manuel Valls dizendo que para ser francês era necessário mostrar as mamas.

No programa, Daphné disse que mostrar o peito era o novo teste de cidadania para os migrantes em França e mostrou o seu. "Querem ser franceses? Mostrem-nos o vosso peito", afirmou Daphné, antes de mostrar parcialmente uma mama.

O primeiro-ministro afirmou num comício do Partido Socialista Francês na quarta-feira passada que "Marianne tem o seio nu porque está a alimentar o povo e não usa véu porque é livre".

Aproveitando-se do título do quadro Le Liberté guidant le peuple, (A liberdade guia o povo, em português), que mostra Marianne com a bandeira francesa e representa a revolução de 1830, o programa de televisão apresentou o segmento "Les boobs guident le peuple" (As mamas guiam o povo, em português).

As declarações de Manuel Valls têm sido bastante criticadas por pessoas, incluindo historiadores, que afirmam que há várias formas de representar Marianne, incluindo com o peito coberto, e que Marianne é uma alegoria que não tem nada a ver com o que as mulheres vestem.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG